quinta-feira, 21 de março de 2013

Os Doze Trabalhos de Hércules, de Monteiro Lobato

O livro Os Doze Trabalhos de Hércules, clássico da literatura infanto-juvenil brasileira, leva a turma do Sítio do Pica-Pau Amarelo à Grécia Antiga e mostra toda a genialidade do escritor Monteiro Lobato como divulgador de temas adultos na linguagem das crianças.

Li este livro quando estava na sétima série do ensino fundamental, lá na primeira metade dos anos 1990 — e foi esta a obra que despertou a minha paixão pela mitologia grega e pela cultura daqueles povos que, da porção oriental do Mediterrâneo, espalharam a sua cultura pelo mundo há milhares de anos e criaram elementos que até hoje fazem parte da nossa sociedade.

A história começa com a chegada à Grécia Antiga de Pedrinho, Narizinho, Emília e Visconde. Viajando no tempo com o poder do pó de pirlimpimpim (um belo recurso literário de Monteiro Lobato para não precisar explicar cientificamente os passeios da turma pelo tempo e pelo espaço), o quarteto aporta em Micenas, cidade-estado grega, precisamente na época em que Héracles, o herói semideus grego, iniciava sua jornada de penitência com as suas famosas 12 tarefas.

"Héracles", nos explica Monteiro Lobato, era o nome grego do herói e "Hércules" a denominação dada mais tarde pelos romanos, quando conquistaram a região.

Héracles era filho de Zeus, o rei dos deuses gregos, com uma mortal. A esposa de Zeus, a temida deusa Hera, odiava o filho bastardo do marido e fazia de tudo para persegui-lo. Com a mente anuviada pelos poderes de Hera, Héracles matou a família e precisou cumprir 12 dificílimas tarefas para ter os pecados perdoados.

Em Micenas, a turma do Sítio encontrou o herói, fez amizade com ele (eles falavam grego simplesmente fazendo de conta que sabiam falar, outro recurso literário do autor) e o ajudou a cumprir todos os trabalhos, que eram os seguintes:

1) Matar o Leão de Neméia
2) Matar a Hidra de Lerna (uma serpente de nove cabeças)
3) Capturar o Javali de Erimanto
4) Capturar a Corla Cerinéia (um cervo com pés de bronze que corria muito rápido)
5) Matar as aves do Lago Estínfale
6) Limpar as Cavalariças de Áugias (estábulos muito sujos de estrume)
7) Capturar o Touro de Creta
8) Capturar as Éguas Carnívoras de Diomedes
9) Tirar o Cinto de Hipólita, a rainha das Amazonas
10) Roubar os bois de Gerião
11) Roubar os pomos de ouro (frutas escondidas em um jardim secreto)
12) Capturar Cérbero (cão de três cabeças que era o guardião do Inferno)

Enquanto cumpriam essas tarefas, Héracles e a turma do Sítio encontraram diversos personagens que fazem parte da tradição da mitologia grega, e nós, leitores, somos apresentados a todo tipo de mito e lenda da cultura helênica, como as histórias dos principais deuses (que moravam principalmente no Monte Olimpo), os principais heróis, criaturas como a Medusa, o cavalo Pégaso, os centauros, os faunos, as ninfas, histórias como a de Ícaro, a do Minotauro, etc.

O livro é fantástico por trazer grandes ensinamentos sobre a mitologia grega ao mesmo tempo em que prende o fôlego do leitor com o desenrolar da trama que serve de fio condutor.

Leitura recomendadíssima, principalmente para crianças e adolescentes.

Onde encontrar (clique nos links abaixo):
:: Livraria Cultura
:: Livraria Saraiva
:: Estante Virtual (usados, a partir de R$ 1,99)

Nenhum comentário:

Postar um comentário